Buquês que duram

Uma das tradições do casamento é o momento em que a noiva joga o buquê. Diz a lenda que a moça que consegue pegá-lo será a próxima a casar. Mas quem pegar um buquê a partir de agora pode levar para casa algo além da esperança de se casar em breve.

bouquet1

Um tipo diferente de flores, que podem durar de 5 a 7 anos, com aparência e textura frescas se conservadas em local adequado: são as flores naturais preservadas. Elas passam por um processo de substituição da seiva por um produto químico atóxico.

bouquet2

E para que elas durem mesmo é preciso tomar alguns cuidados: não se pode manipulá-las com as mãos molhadas, para não passar umidade. E se ela ficar com um pozinho com o passar do tempo, é só pegar um secador de cabelo na temperatura fria, dar uma rápida passada e pronto.

Casamento íntimo

justlia_credito

Cada vez mais os casais buscam inovações para deixar a cerimônia com seu estilo, mas há aqueles que ainda optam pelo casamento clássico. Confira as principas diferenças entre eles.

Enquanto alguns desejam festas suntuosas, outros casais optam por uma cerimônia mais reservada. Ao contrário do que muitos pensam, o casamento íntimo não significa menos trabalho e organização.

O que caracteriza uma celebração íntima é apenas a quantidade reduzida de convidados, em torno de 50 pessoas. No mais, todas as etapas desse tipo de casamento são iguais às de um casamento tradicional.

Os noivos podem realizar o casamento íntimo em casa ou em um hotel, e de acordo com a consultora, devem ficar atentos ao tamanho do local, para que não sobre nem falte espaço aos convidados. O casal pode organizar um altar mesmo que o casamento seja feito em casa, e ainda fazer o cortejo tradicional, tudo como manda o figurino.

Segundo ela, em alguns casos, o casamento íntimo pode até dar mais trabalho que o casamento tradicional: se os noivos quiserem, podem personalizar as lembrancinhas com o nome de cada convidado. A atenção dada aos convidados pelos noivos também é um diferencial. Como há menos pessoas, cada um dos convidados merece mais cortesia e carinho por parte do novo casal.

Agenda: ajuda em todos os detalhes!

agenda

Organização é a palavra-chave quando o assunto é preparar a festa de casamento. Programe-se com essa sugestão de agenda que te mostramos agora e mãos à obra!

Um ano antes:

- escolha a data

- reserve a igreja

- defina seu orçamento

- abra um arquivo para guardar toda a papelada referente ao casamento

- faça uma lista dos principais fornecedores cujo trabalho você gostaria de conhecer (fotógrafos, músicos, floristas, aluguel de carro, cabeleireiros, etc)

8 meses antes:

- contrate um organizador de eventos

- defina o tipo de recepção e reserve o local

- comece a listar os convidados

- escolha os padrinhos, pajens e daminhas

- pesquise roteiros para a lua de mel

- comece a pesquisar vestidos

- visite os principais fornecedores e discuta opções

6 meses antes:

- convide os padrinhos, pajens e damas de honra

- decida o estilista, modelo e tecido do vestido

- defina o cardápio e as bebidas da festa

5 meses antes:

- encomente a grinalda e o buquê (da noiva e das daminhas)

- contrate fotógrafe e filmagem

- contrate os músicos da recepção e DJ da festa

- contrate a decoração da igreja e festa

- comece a fazer o enxoval ou complete as peças que faltam

4 meses antes:

- finalize a lista de convidados

- encomende os convites de casamento

- escolha e compre as alianças

- defina a roupa do noivo, madrinhas, padrinhos, pajens e daminhas

- reserve a viagem de lua-de-mel

- contrate os serviços de manobristas e seguranças, se necessário

- converse com amigos ou parentes que você gostaria que discursassem

- defina o amigo e amiga que oferecerão as despedidas de solteiro(a)

3 meses antes:

- finalize os convites

- encomende os doces e o bolo

- reserve o dia da noiva

- agende a prova do cabelo e maquiagem

- marque a data do casamento civil e prepare os documentos

2 meses antes:

- envie os convites

- faça a prova da comida

- defina a lista de presentes do casamento e da despedida de solteira

- reserve acomodação para os convidados que não moram perto

1 mês antes:

- compre todos os acessórios: sapatos, lingerie, meia-calça…

- compre camisola e lingerie da sua noite de núpcias

- marque o dia das despedidas

- verifique os documentos da viagem

- defina a trilha sonora da cerimônia e da festa

- reserve o local da noite de núpcias

1 semana antes:

- confirme todos os seviços contratados

- faça a última prova do vestido e teste cabelo e maquiagem

- confirme passagens e reserva do hotel para a lua-de-mel

- telefone para os convidados que não tenham confirmado presença

2 dias antes:

- faça depilação, manicure e pedicure

- busque o vestido de noiva

- use os sapatos do casamento para amaciá-los

- relaxe! faça massagem, vá à sauna e curta o momento

 

Etiqueta para lista de presentes

listadepresentes

Por maior que seja a antecedência que se marca um casamento, uma régra é válida em todos: sempre há algo para se fazer de última hora. Algo que escapou do check list, algo que, a princípio, pareceu dispensável, mas agora se tornou fundamental aos olhos da noiva.

Enfim, um item mínimo, que tem o poder máximo de tirar o sono da protagonista de branco e de todos que rodeiam esta aura de estresse dos preparativos finais.

No entanto, os cuidados para que a festa seja memorável e impecável devem ser tomados desde o dia em que os noivos resolvem agendar a data tão esperada.

Para tanto, deve-se seguir algumas dicas de etiqueta. Hoje, vamos falar sobre algumas regrinhas que envolvem a lista de presentes, que é a famosa “mão na roda”. Facilita a vida dos noivos, que não acumulam cinco ferros de passar, e a dos convidados, que desviam-se do risco de errar na escolha do presente.

O que não pega bem mesmo é colocar o inoportuno cartãozinho da loja, preso com um chips no convite, manchando o estilo chique do evento e fazendo merchandizing gratuito.

Espera-se que o convidado pergunte sobre a lista, uma vez que esta prática tem se tornado um hábito em todas as classes sociais.

Embora seja prática a lista, não pode ser considerado deselegante o convidado que decide-se por não comprar um presente dela. Cada um deve arcar com aquilo que suas  possibilidades financeiras permitem.

Há quem dê uma olhada na lista e compre um item similar, em outro local e por um preço muito mais acessível. Agrada aos noivos da mesma maneira e ainda economiza.

 

Um toque de originalidade na hora de convidar

convites

Ele representa o primeiro sinal de que vai acontecer um casamento e de como ele deve ser. Muito mais que um simples cartão, o convite para a cerimônia tem de ser personalizado e levar ao convidado as características e o perfil dos noivos.

Para obter um toque de originalidade, é preciso criatividade e o ideal é o casal se reunir antes do processo criativo para traçar um perfil e definir quais materiais serão utilizados.

Uma novidade no mercado de convites são as opções coloridas e formatos diferenciados. Os tradicionais convites brancos e em tons claros já dividem espaço com os coloridos e estampas florais, temáticas e até animações, como caricaturas e desenhos personalizados do casal. Para quem procura um diferencial imprescindível, os adereços vão desde fitas de cetim, voal, miçangas, detalhes em renda, bambus, folhas secas e aromas.

O convite mais elegante é aquele escrito em papel branco e formato grande, lembrando que, quanto maior o tamanho do convite, mais formalidade ele indica. A função de um convite é apenas convidar. Portanto, citações bíblicas, textos inusitados e outras inovações precisam ser usadas com muito cuidado.

Além disso, o universo dos convites pede que algumas regrinhas de etiqueta sejam seguidas, não importa se o convite for clássico ou moderno. Eles devem ser entregues pessoalmente pelos noivos ou pelos pais dos noivos, por exemplo.

Apenas aos convidados que moram em cidades muito distantes, os convites podem ser enviados, desde que incluam uma nota, desculpando-se por não ser possível entregá-los em mãos e reforçando a importância da presença deles no evento.

Quem convida? Os pais dos noivos. Caso um deles seja falecido, deve-se tomar cuidado com o “in memoriam”, pois mortos não convidam. O correto seria omitir o nome ou quebrar o protocolo com classe, convidando em seus próprios nomes.

Pais separados convidam juntos. Madrastas e padrastos jamais convidam. Se os noivos forem viúvos ou divorciados, eles mesmos convidam. Se a noiva for solteira e o noivo viúvo ou divorciado, os pais da noiva convidam.

 

Bolos: dos tradicionais aos inusitados

Pequeno, grande, de muitos andares ou apenas um, com cobertura de pasta americana, chantilly e até isopor. Hoje, o tradicional bolo de casamento ganha muitas formas, acabamentos e sabores. O mais tradicional atualmente é o bolo com cobertura de pasta americana, que possibilita uma decoração mais minusciosa.

Esse tipo de acabamento não pode ser feito nos bolos com recheios de frutas. Por isso, uma opção é o bolo decorativo de isopor, que fica lindo na mesa principal, e um bolo do sabor desejado, para ser servido.

bolo1

Hoje, a maioria das doceiras já trabalha com a locação do bolo decorativo. Além dos modelos já prontos, é possível confeccionar os bolos decorativos de acordo com o gosto do cliente e a decoração da festa de casamento, tudo com exclusividade.

Uma opção para as noivas que não querem gastar muito são os bolos com cobertura de chantilly. O custo da cobertura chega a ser 60% mais baixo que a de pasta americana!

bolo2

Para os casais que querem inovar, existem alternativas no mercado. Anos atrás, ficou bem conhecido um bolo invertido, construído de vários andares, mas do menor para o maior, com direito aos noivinhos escalando a peça.

Outra opção é o bolo de minibolos. Em uma estrutura de vários andares, são colocados diversos minibolos bem decorados até o cume. Eles podem ser oferecidos nos casamentos como uma lembrança ou como se fosse uma fatia, mas em formato reduzido.

bolo3

Decoração aérea

Alguns casais preferem fazer casamentos mais intimistas, com menos convidados e em locais menores. Para quem precisa lidar com espaços pequenos, a decoração aérea é a opção perfeita!

Na mesa de doces e do bolo, os arranjos aéreos deixam mais espaço para a comida na mesa, que pode ser decorada com apenas algumas flores pequenas e em lugares pontuais.

Na mesa dos convidados, uma reclamação recorrente é quando os arranjos e velas são tão grandes que atrapalham a visão de quem está do outro lado. Velas penduradas e arranjos dentro de garrafas vazias ajudam muito nesta situação.

Porém, é preciso ter cuidado com a quantidade de itens aéreos incluir no casamento. Em exagero, os arranjos e garrafinhas podem poluir o ambiente, e também atrapalhar a visão geral da festa.

Além disso, certifique-se de que todos os arranjos estão muito bem presos para que não aconteça nenhuma queda indesejada na cabeça de algum convidado.

Confira uma galeria com diversas decorações aéreas que preparamos para inspirar: