Bolos: dos tradicionais aos inusitados

Pequeno, grande, de muitos andares ou apenas um, com cobertura de pasta americana, chantilly e até isopor. Hoje, o tradicional bolo de casamento ganha muitas formas, acabamentos e sabores. O mais tradicional atualmente é o bolo com cobertura de pasta americana, que possibilita uma decoração mais minusciosa.

Esse tipo de acabamento não pode ser feito nos bolos com recheios de frutas. Por isso, uma opção é o bolo decorativo de isopor, que fica lindo na mesa principal, e um bolo do sabor desejado, para ser servido.

bolo1

Hoje, a maioria das doceiras já trabalha com a locação do bolo decorativo. Além dos modelos já prontos, é possível confeccionar os bolos decorativos de acordo com o gosto do cliente e a decoração da festa de casamento, tudo com exclusividade.

Uma opção para as noivas que não querem gastar muito são os bolos com cobertura de chantilly. O custo da cobertura chega a ser 60% mais baixo que a de pasta americana!

bolo2

Para os casais que querem inovar, existem alternativas no mercado. Anos atrás, ficou bem conhecido um bolo invertido, construído de vários andares, mas do menor para o maior, com direito aos noivinhos escalando a peça.

Outra opção é o bolo de minibolos. Em uma estrutura de vários andares, são colocados diversos minibolos bem decorados até o cume. Eles podem ser oferecidos nos casamentos como uma lembrança ou como se fosse uma fatia, mas em formato reduzido.

bolo3

Decoração aérea

Alguns casais preferem fazer casamentos mais intimistas, com menos convidados e em locais menores. Para quem precisa lidar com espaços pequenos, a decoração aérea é a opção perfeita!

Na mesa de doces e do bolo, os arranjos aéreos deixam mais espaço para a comida na mesa, que pode ser decorada com apenas algumas flores pequenas e em lugares pontuais.

Na mesa dos convidados, uma reclamação recorrente é quando os arranjos e velas são tão grandes que atrapalham a visão de quem está do outro lado. Velas penduradas e arranjos dentro de garrafas vazias ajudam muito nesta situação.

Porém, é preciso ter cuidado com a quantidade de itens aéreos incluir no casamento. Em exagero, os arranjos e garrafinhas podem poluir o ambiente, e também atrapalhar a visão geral da festa.

Além disso, certifique-se de que todos os arranjos estão muito bem presos para que não aconteça nenhuma queda indesejada na cabeça de algum convidado.

Confira uma galeria com diversas decorações aéreas que preparamos para inspirar:

Personalize sua cerimônia de casamento

Com a tendência do faça-você-mesmo, é cada vez mais comum ver itens personalizados em casamentos. Além de ser moda, é uma ótima idéia para fazer uma festa diferente, única e, claro, com a cara dos noivos!

Veja a seguir dez dicas para fazer um casamento exclusivo:

1. Recados à mão para os convidados: isso com certeza vai fazer com que eles se sintam mais que especiais. No recado, você pode escrever sobre momentos que passaram juntos, piadas internas, etc.

Captura de Tela 2014-07-30 às 11.54.11

2. Faça uma playlist: escolher a música a dedo com certeza deixa a festa com a cara do casal. Uma música divertida para a entrada dos padrinhos, a música do casal para estrear a pista de dança… existem milhares de possibilidades!

5f567739c01643601b70dfcaeec2d05b

3. Dama de aliança especial: a daminha que levará a aliança até o altar não precisa ser necessariamente uma criança. Muita gente tem escolhido as avós como damas de aliança, e tem quem até contrate corujas treinadas só pra isso!

5b74cb4a10433013a75e0b7b9c594175

4. Acompanhante na entrada da cerimônia: ao invés de entrar com o pai, você pode entrar sozinha, com a mãe, com os dois, os avós… tem gente que entra na Igreja até com o cachorro!

dog

5. Seja criativo na disposição dos convidados: se a cerimônia não for dentro de uma Igreja, você pode colocar os convidados em formato circular, em bancos de madeira ou mesmo em formato de “teatro grego”, onde a platéia fica numa rampa e as cadeiras de trás vão ficando mais altas que o centro.

Captura de Tela 2014-07-30 às 11.51.10

Por que fazer um mini-wedding?

Sempre comum na Europa, o mini-wedding agora virou tendência em todo o globo! Perfeito para quem prefere uma cerimônia mais intimista, o estilo de organização foi bolado para festas de 10 a 60 pessoas, apenas.

Um casamento pequeno não significa que ele deve ser menos elegante e charmoso. Organizar um mini-wedding pede muita atenção aos detalhes e ao planejamento, pois o principal objetivo é fazer com que cada convidado se sinta único e especial, já que foi escolhido entre tanto para estar ali.

Não é apenas a quantidade de pessoas que diminui nestas ocasiões, mas também a quantidade de serviços oferecidos. Está cada vez mais comum oferecer apenas bolo, champanhe e bem casados em casamentos desta proporção. Algumas fingerfoods também podem aparecer.

O bom é que com menos coisas para dar atenção e um orçamento menor, fica mais fácil personalizar cada detalhe da cerimônia e deixar a festa com a cara do casal.

Como festa pequena não combina com DJ, você pode também contratar um quarteto de músicas de jazz ou bossa nova. Outra possibilidade é deixar tudo menos formal e abandonar o vestido longo e o terno e gravata!

miniwed

créditos: pinterest e just lia

Espaço lounge: por que ter um no seu casamento?

Alguns casamentos podem ser eventos bem cansativos, tanto pelo levanta e senta durante a cerimônia quanto pelo tradicional atraso da noiva, sem contar os nervos à flor da pele.

Por isso, é normal que alguns convidados queiram fugir do salão e se refugiar em algum local mais tranquilo, confortável e relaxante. A pista de dança também não é o melhor lugar para quem quer apenas jogar conversa fora por um tempo.

Por isso, os ambientes com lounge estão ganhando cada vez mais espaço nos casamentos hoje em dia.

Com a moda do faça-você-mesmo, a tendência é que esses espaços se tornem cada vez mais intimistas e com cara de casa aconchegante, porém sempre com um toque de elegância.

Existe a possibilidade de fazer lounges ao ar livre, onde a natureza ajuda muito a criar um ambiente relaxante e tranquilo. Mesmo em espaços abertos, invista em móveis bem acolchoados e confortáveis. Se tiver medo da chuva, decore uma tenda pequena e charmosa.

Outra opção é criar um lounge divertido, mais personalizados e cheios de humor, com diversos ítens de decoração fazendo referência ao próprio tema da festa, se tiver um, ou você pode criar um tema específico só para aquele ambiente.

loungecréditos: pinterest

 

Pré-casamento temático

Também conhecido como ensaio de noivado, e-session ou pré-wedding, a sessão de fotos é feita dois ou três meses antes da data especial e o resultado são fotos geralmente usadas na própria festa de casamento, seja para deixar na entrada do evento, para transformar em livro-assinatura ou dar de lembrança aos convidados.

Tradicionalmente, é um ensaio com os noivos já trajados com vestido branco e terno, mas a grande tendência na Europa e nos Estados Unidos é fazer um ensaio de pré-casamento temático, fotografado em algum local temático, que reflita a personalidade dos noivos, ou que seja especial para a história do casal, como o lugar do primeiro beijo, por exemplo.

Nestes ensaios, a idéia e realmente captar a essência de cada membro do casal, desde suas distintas personalidades até suas similares peculiaridades, e é por isso que o ideal é que a sessão seja acompanhada por pelo menos dois fotógrafos. A sessão também pode ser feita acompanhada dos padrinhos e madrinhas, ou dos pais dos noivos.

Confira a galeria que montamos com diversos ensaios temáticos, desde os carnavalescos até os mais retrôs!

créditos: pinterest, Everton Rosa, Pulp Fotografia e Ana Kacuria

Conheça todas as bodas de casamento!

Captura de Tela 2014-07-21 às 17.42.45

As bodas de casamento existem como uma forma de renovar os votos e promessas que foram feitas no dia da união de um casal. As mais conhecidas são as bodas de prata e as de ouro, que comemoram 25 e 50 anos de casado, respectivamente.

Mas como casamento é algo difícil de manter, existe uma boda para renovar esses votos quase todos os anos! Cada uma carrega um significado que reflete o momento da vida do casal, como as bodas de papel, que recebem esse nome pelo fato do casamento, no início, ser tão frágil quanto esse objeto. Confira a lista completa:

1 ano – Bodas de Papel

2 anos – Bodas de Algodão

3 anos – Bodas de Couro ou Trigo

4 anos – Bodas de Flores, Frutas ou Cera

5 anos – Bodas de Madeira ou Ferro

6 anos – Bodas de Açúcar ou Perfume

7 anos – Bodas de Latão ou Lã

8 anos – Bodas de Barro ou Papoula

9 anos – Bodas de Cerâmica ou Vime

10 anos – Bodas de Estanho ou Zinco

11 anos – Bodas de Aço

12 anos – Bodas de Seda ou Ônix

13 anos – Bodas de Linho ou Renda

14 anos – Bodas de Marfim

15 anos – Bodas de Cristal

20 anos – Bodas de Porcelana

25 anos – Bodas de Prata

30 anos – Bodas de Pérola

35 anos – Bodas de Coral

40 anos – Bodas de Esmeralda

45 anos – Bodas de Rubi

50 anos – Bodas de Ouro

55 anos – Bodas de Ametista

60 anos – Bodas de Diamante

65 anos – Bodas de Platina

70 anos – Bodas de Vinho

75 anos – Bodas de Brilhante ou Alabastro

80 anos – Bodas de Nogueira ou Carvalho

85 anos – Bodas de Girassol

90 anos – Bodas de Álamo

100 anos – Bodas de Jequitibá